Novidades

Você conhece os turistas que visitam a Estância Turística de Olímpia?

Novidades

É óbvio que você vai responder: “Claro que não!!” Como conhecer quase 2 milhões de pessoas que frequentam a nossa cidade por ano? Não falamos neste sentido mais íntimo, de conhecer o turista como se fosse uma pessoa amiga, quase da família… isso seria mesmo impossível… Mas, podemos conhecer um pouquinho destas pessoas através da assim chamada Pesquisa do Perfil da Demanda Turística.

Desde junho de 2014, o Olímpia Convention & Visitors Bureau vem realizando esta pesquisa, muito necessária para que os gestores da atividade turística tenham informações a respeito de: origem dos turistas, faixa etária, sexo, escolaridade, meios de hospedagem que utiliza, tempo de permanência, hábitos de compra, hábitos de lazer, etc. Outro item muito importante neste tipo de pesquisa é a avaliação pelo turista dos serviços e equipamentos turísticos que ele utilizou durante a sua permanência no local.

Estas informações são fundamentais para a elaboração de estratégias de marketing e de melhorias nos serviços e equipamentos turísticos locais, na estratégia de melhorar a competitividade do destino frente a concorrentes (outros destinos turísticos), sejam regionais ou nacionais.

Em abril de 2015 foi elaborado o primeiro relatório com os dados coletados no período de junho de 2014 a março de 2015 e apresentamos a seguir um pouquinho de como são estes turistas…

A grande maioria dos nossos turistas reside na cidade de São Paulo (31%) e os que moram nas cidades da Grande São Paulo representam 18,7%. Veja que 49,7%, quase a METADE dos turistas, se deslocam cerca de 450km para nos conhecer! Isto não é fantástico? Do interior de São Paulo recebemos 32,6%, vindos de uma enorme variedade de cidades. Até pessoas do litoral vêm nos visitar, representando 3,3% dos pesquisados. Minas Gerais, Paraná e outros estados totalizam 12,7%, mostrando que ainda temos muitas regiões do país a serem trabalhadas na divulgação da nossa Estância (sem falar nos países latino-americanos, mas isto vamos deixar mais para frente…).

A grande maioria soube da nossa existência através de amigos ou familiares (o assim chamado boca-a-boca). Esta é a forma mais barata de divulgação, mas que também tem seus problemas: não controlamos o que o turista fala de nós para outras pessoas… Por isso, ele precisa ficar sempre satisfeito com a cidade e com os serviços e produtos que ele consumir aqui, para falar muito bem de nós e outras pessoas continuarem a nos visitar.

Entretanto, 27,7% também declararam que souberam de nós através da internet. Sabemos que esta ferramenta vem sendo utilizada cada vez mais para coleta de informações, para saber as opiniões das pessoas a respeito de produtos e serviços, para fazer compras, dentre outros usos. Este dado mostra que as empresas locais precisam estar disponíveis na internet, com informações atualizadas, com respostas rápidas às solicitações dos internautas. E há que se prover também informações a respeito da cidade: o que fazer (atrações turísticas), onde comer (bares, restaurantes, lanchonetes), onde ficar (meios de hospedagem) e outras informações relevantes para o turista. O site do Olímpia C&VB fornece informações da cidade e das empresas associadas, além de um calendário de eventos, podendo ser acessado de qualquer plataforma (celular, notebook, tablet, computador).

Do total de entrevistados, a maioria são mulheres (49,3%) e os homens representam 38% (tivemos um índice de 12,3% que não responderam a esta questão). A grande maioria dos turistas é casada (61,6%), seguida dos solteiros (15,8%), separados (4,3%), viúvos e outros (4,2%), sendo que 13,1% não responderam.

Com relação à idade, a concentração está na faixa de 36 a 50 anos (38,8%), sendo 23% na faixa de 26 a 35 anos. Ainda recebemos poucos turistas abaixo de 25 anos (12,7%) ou acima de 65 anos, a chamada Melhor Idade, hoje representada por 2,7% dos turistas.

Outro dado que chama bastante atenção é o grau de escolaridade do nosso turista, pois 35,7% têm Ensino Superior e 24,6% são pós-graduados. Isto mostra que são pessoas com um nível maior de informação e que podem ser mais exigentes com relação à qualidade dos serviços e produtos oferecidos, podem ser mais críticos…

A pesquisa aborda muitos outros aspectos, os quais vamos deixar para mostrar em outras oportunidades. E então, o que achou do nosso turista? Agora você sabe um pouquinho mais destas pessoas que vêm de vários lugares para ter o seu lazer, o seu descanso, já que a grande maioria (92%) diz que seu motivo para vir para Olímpia foi fazer Turismo, sendo o Thermas dos Laranjais o grande atrativo, o que os moveu para vir até aqui (96,3%).

Alguns outros dados da pesquisa são a quantidade de questionários preenchidos, num total de 487. Os locais de coleta foram: Casa do Artesão, CAT – Centro de Atendimento ao Turista, Lig Chopp Germânia, Museu de História e Folclore de Olímpia, Pousada Beco da Lua, Pousada das Paineiras, Pousada Monte Carlo, Thermas Park Resort & Spa, Thermas dos Laranjais, Espaço Gourmet, Galeria Lanches, Jade Travel e Pousada Oásis. Com exceção do Thermas dos Laranjais, as demais empresas e entidades são associadas do Olímpia Convention & Visitors Bureau, as quais têm acesso ao relatório completo desta pesquisa.

Conheça mais o trabalho do Olímpia C&VB acessando o site www.olimpiacvb.com e entre em contato conosco, para saber como se associar! 

Fonte: Olímpia C&VB

mais novidades
As empresas SPE Olímpia, SPE WGSA, SPE Porto Seguro, administradas pelo Grupo Natos, são auditadas pela KMPG AUDITORES INDEPENDENTES.
KPMG AUDITORES INDEPENDENTES (2013/2014/2015/2016)